Carregando Post...

São Manuel: a cidade que lançou Tonico e Tinoco para o Brasil

Não tem como falar de música sertaneja e não mencionar a dupla formada pelos irmãos João e José Perez. Por estes nomes, provavelmente, o leitor não vai identificar os cantores, mas ao revelar os seus apelidos, Tonico e Tinoco, com certeza, qualquer brasileiro vai saber de quem estamos falando.

 

Responsáveis por grandes sucessos que ficaram eternizados entre várias gerações, como Moreninha Linda, Chico Mineiro, O Menino da Porteira (que até virou filme), entre outros, Tonico e Tinoco tocaram pela primeira vez em uma rádio em São Manuel, cidade que fica a cerca de 260 km de São Paulo, ainda na década de 1940.

 

Mas a ligação da dupla com o município não para por aí. Pelo contrário, ela é até mais íntima, pois foi neste local que Tonico, o mais velho, nasceu em 1917. Já o irmão Tinoco, três anos mais novo, também é da região, mas veio ao mundo em uma fazenda, que à época pertencia à cidade de Botucatu, mas hoje é de Pratânia.

 

E se as músicas dos dois irmãos não foram esquecidas, seus municípios natais, separados por apenas 16 km, também mantêm suas memórias vivas! Em São Manuel, a praça batizada com o nome da dupla ostenta orgulhosamente um monumento em homenagem aos dois sertanejos. O local, inclusive, é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

 

Já em Pratânia, fãs, amigos e familiares reuniram objetos e vestimentas da dupla para montar um museu que conta a história dos músicos. Artigos raros estão expostos para admiradores de todas as partes do País, todos os dias, com entrada gratuita.

 

Ambos morreram na Capital. Tonico, em 1994, aos 77 anos. Mesmo após o falecimento do irmão, Tinoco se manteve em atividade até os 91 anos, quando morreu em 2012. Os seus 82 anos de carreira o transformaram no artista sertanejo mais longevo da história do Brasil.

Comentários

Deixe um Comentário